Minha bicicleta

Minha bicicleta me fascina

No pedalar ela extermina

As mais agressivas distâncias

A sensação de liberdade me domina

 

No pé da Japi vejo o passado indígena

Sinto o cheiro da minha infância

Das mais intrépidas aventuras

A mais doce lembrança

 

Lembro das tardes ensolaradas de sábados,

E das incansáveis pedaladas pela minha serra

No ápice da força infante que tivera;

 

Hoje ando com minha nostalgia

Divertindo-me também, mas não como antes

Neste percurso é o passado que me dá alegria

 

Felipe Andrade 03/12 

Anúncios

~ por andraforle em dezembro 17, 2010.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: